• Notícias

    Farol de São Thomé sedia fórum sobre direitos humanos e religiões afro-brasileiras

    Evento com importantes lideranças defende liberdade religiosa e mais diálogo com a sociedade
    Totinho Capoeira preside e FRAB-Campos dos Goytacazes
    (Foto:Silvana Rust/Arquivo | JTV)
    No sábado (25) acontece o IV Fórum de Religiosidade de Matrizes Africana e Afro-Brasileira. É a primeira edição do evento na Baixada Campista e Praia do Farol de São Thomé. O tema é Em Defesa da Liberdade Religiosa e da Garantia dos Direitos Humanos”. O Fórum começará às 8h e será encerrado às 18h. Participam nomes de destaque do ativismo cultural e político referente às comunidades negras do país.

    A atividade do IV Fórum acontecerá na Ilê Asé Omin Lewa, localizada na Rua Variante N°4, próximo ao posto de gasolina da Praia do Farol de São Thomé. O evento é uma realização do Fórum Municipal de Religiões Afro-Brasileiras de Campos (FRAB) e do Coletivo Maitê Ferreira, com apoio do SIndipetro NF. Para Gilberto Coutinho, conhecido como Totinho Capoeira, esta é uma oportunidade para todos os defensores dos direitos humanos aperfeiçoarem o diálogo.

    É fundamental que ativistas e pessoas em geral possam participar para discutir sobre direitos humanos e liberdade religiosa. É uma atividade para darmos visibilidade aos problemas enfrentados com as matrizes africanas. É uma forma de valorizar e revitalizar essa manifestação que mantém viva histórica e filosoficamente as matrizes africanas. Temos convidados de excelência para incentivarmos o debate”, disse o presidente da FRAB Campos-RJ.

    Confira a programação:

    • 8h – Café da manhã de recepção
    • 8h30 – Abertura
    • 9h – Apresentação do relatório anual do FRAB
    • 9h30 – Roda de dialogo, Mulheres de axé, Mulheres de fé.
    Tema:
    • I – Mulheres de axé: Da invisibilidade social a visibilidade religiosa.
    • II – Mulheres de axé desmistificando a diversidade sexual nos terreiros: Como enfrentar a violência de gênero na sociedade Brasileira ?

    Mediadoras – Profa. Dra. Helena Theodoro | Profa. Ms. Mariana Gino

    • 12h – Almoço
    • 13h– A trajetória das religiões de matrizes africana e afro brasileira em Campos dos Goytacazes RJ
    Palestrantes – Simbocam/ Jadir Maciel

    • 14h – Debate
    • 15h – Resistência do povo de santo no Brasil: Como enfrentar o Racismo/intolerância religiosa fomentado por um estado teocrático
    Palestrante – Professora, Dra. Lana Lage

    • 15h40 – Debate
    • 16h20 – Lançamento do livro Marchar não é Caminhar: Interfaces politicas e sociais das religiões de matrizes africana no Rio de Janeiro.
    Palestrante – Prof.Dr. Babalawô Ivanir dos Santos

    • 17h – Debate
    • 17h40 – Autógrafos do livro
    • 18h – Encerramento



    Fonte: Jotnal Terceira Via

    Nenhum comentário

    Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!