Últimas Notícias

Ecovia mostra as belezas e problemas do Parque da Lagoa do Açu

Foto Reprodução
Com mais de 8 mil hectares, área mistura mangue e restinga, além de ser berçário de várias aves migratórias e tartarugas

O Parque Estadual da Lagoa do Açu existe desde 1992. A unidade foi criada para proteger a rica biodiversidade local.

Nesta área de 8.251,45 ha entre Campos dos Goytacazes e São João da Barra há vegetação de restinga e de mangue, sítios de pouso e reprodução de aves migratórias e região de desova da tartaruga marinha conhecida como cabeçuda.

O Ecovia percorreu o parque mostrando suas belezas: praias, lagoas e restingas. A região é protegida por uma equipe de guardas-parque. Para garantir a integridade da área, muitas vezes eles têm que enfrentar os visitantes, que jogam lixo nas praias, praticam a caça e a pesca ilegais ou depredam o meio ambiente.

Uma das principais maravilhas do parque é a Lagoa Salgada. Na divisa entre os dois municípios, ela é um dos poucos lugares no mundo onde há estromatólitos – vestígios minerais de atividade microbiana de séculos passados. Sônia Guimarães mostrou esses minerais e conversou com o professor Carlos Rezende, um dos maiores especialistas no assunto.

O episódio sobre o Parque Estadual Lagoa do Açu do Ecovia vai ao ar nesta segunda-feira (25 de novembro) às 22h30 na 3ª ViaTV, no Canal 25 e 425 da Via Cabo.









Jornal Terceira Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

Portal do Farol | Designed by F.H. | TecnologiaTemplateism.com | Todos os direitos reservados. Copyright © 2019

Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates