Páginas

| Notícias |

domingo, 16 de dezembro de 2018

Plano para um verão seguro

Reprodução
O comando do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) começou a organizar o esquema de segurança para o verão nas praias dos municípios litorâneos de sua competência: Campos, onde fica sediado, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana.


Reuniões com representantes das prefeituras para apresentação das programações culturais e esportivas acontecem em paralelo à organização das Guardas Civis de cada cidade, que também se preparam para a estação. A expectativa é de que a atuação das forças de segurança no combate a crimes de grande incidência — como a Operação Quebrando a Banca, que coibiu roubo e furto de celulares na última terça-feira (11) — ajude a manter a tranquilidade do veranista.

Como o fechamento de um plano de atuação depende de uma posição dos municípios a respeito do calendário de verão, foi montada uma agenda de encontros com os prefeitos.  A Prefeitura de Campos já afirmou que as atrações serão em parceria com o Sesc e apresentou uma espécie de esqueleto da programação, com os dias em que haverá shows nacionais e locais, que demandam estratégias de policiamento distintas. Estão nos dois municípios alguns destinos mais procurados pelo campista no fim de ano, como as praias de Farol de São Thomé, Grussaí e Atafona.

De acordo com o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Fabiano Santos, a circulação de pessoas pelas praias deve aumentar após o Natal. “A partir dos dias 26 e 27 de dezembro, as famílias já vão migrando para as praias, então, já estamos nos antecipando a esse movimento”.

Embora a forma como o policiamento será feito em cada município ainda esteja sendo definida, o comandante adianta que o contingente nas ruas deverá ser reforçado. “Temos policiais que atuam em Regime Adicional de Serviço, em segunda folga. Há, também, aqueles do Pamesp escolar, que é o policiamento em unidades de ensino durante o período letivo, que, com o fim das aulas, poderão ser deslocados para a praia. Se for necessário, pediremos, ainda, a vinda de homens de batalhões sediados em municípios sem praia, como o 29º, de Itaperuna, e o 36º, de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste”, explica Fabiano Santos.

Sobre a estrutura que será levada às praias, o comandante afirma que, além do policiamento ostensivo a pé, equipes da PM farão rondas tanto em viaturas quanto em moto patrulhas. Trailers também serão instalados em locais estratégicos, conforme a necessidade.

Guardas municipais de Campos intensificam apoio na segurança

O reforço da segurança na temporada de verão também é uma preocupação da Guarda Municipal das cidades da região. A cidade de Campos informa que já se prepara para atuar de acordo com a demanda – que é sempre maior na praia nesta época do ano.

No total, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Campos possui 740 agentes, entre guardas e auxiliares. Deste número, 40 profissionais vão atuar na praia do Farol de São Thomé diariamente, de segunda a quinta-feira. Sexta, Sábado e domingo, o efetivo será dobrado para 80 agentes por dia. “A GCM tem uma rotina de patrulhamento na orla da praia campista e na Baixada Campista. Nesse período, serão feitas operações pontuais em conjunto com a Polícia Militar. As instituições estão se reunindo periodicamente para planejamento e avaliação das formas de operação”, garantiu o comandante da Guarda de Campos, Fabiano Mariano.

Roubos e furtos em shows tendem a diminuir depois da Operação “Quebrando a Banca”

Os shows que acontecem nas praias da região nesta época também são oportunidades para quem pratica roubos e furtos de celulares, mas após a operação “Quebrando a Banca”, que aconteceu na última terça- -feira (11), em Campos e outras cidades da região, a expectativa é que haja redução nos casos de furtos e roubos de celulares. Durante a operação, foram expedidos 27 mandados de prisão e treze pessoas foram presas.

“Essa operação é fruto de um trabalho de seis meses de investigação até com escuta telefônica, e nós conseguimos identificar todos os núcleos que giram em torno destes assaltantes”, explicou o promotor do Ministério Público Estadual (MPE), Fabiano Rangel.

Ainda segundo o promotor, mesmo após o final da operação, vítimas de roubo estão sendo convidadas a comparecer à 134ª Delegacia de Polícia para verificação dos produtos subtraídos. Não se sabe exatamente o valor alcançado nas transações ilegais, mas considera-se bastante elevado, já que há aparelhos estimados em R$9 mil. Por enquanto, mais de 700 aparelhos celulares foram recolhidos durante a operação, além de 30 tablets, aparelhos desbloqueadores, 20 lap tops.

JTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| DESTAQUE |

ALAMBIQUE DO LELEY - Lazer, Comida Caseira, Tranquilidade, Ar Puro e a Premiada e Melhor Cachaça do Brasil

Você conhece o Alambique do Leley?  Foto: Fabiana Henriques Para os amantes da boa comida, do lazer, de um bom bate papo e que adora...

| Leia Também |

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.