quinta-feira, 8 de junho de 2017

Expocachaça 2017 - Alambique do Leley participa da maior feira de cachaça do mundo

Foto: Divulgação
O Alambique do Leley, produtor da cachaça 'Barra Velha', na praia do Farol de São Thomé, participa de 8 a 11 de junho, em Belo Horizonte, Minas Gerais, da Expocachaça que irá comemorar seus 20 anos de atividades ininterruptas e 27ª edição, como a maior, mais importante e conceituada vitrine mundial da cadeia produtiva e de valor da cachaça. A Feira é realizada em conjunto com a 11ª Brasilbier, evento que uniu as duas cadeias produtivas: cachaça e cervejas artesanais.

Localizado em Farol de São Thomé, o Alambique do Leley produz a cachaça Barra Velha em três variedades: de um ano, armazenada em dorna de aço inoxidável, que apresenta cor branca; de três anos, envelhecida em barril de carvalho, com coloração amarelo claro; e premium, também envelhecida em barril de carvalho, mas por cinco anos, com coloração amarelo ouro. 

Leley, que é técnico em Química, começou produzir há 32 anos, a cachaça Barra Velha.
Foto: Michelle Richa / Arquivo
Certificada pelo ministério da Agricultura do Brasil, a Barra Velha é produzida artesanalmente, com a utilização de canas plantadas na própria Fazenda São Thomé — cerca de 300 toneladas por ano — sem adição de agrotóxicos ou adubos químicos. A destilação é feita através de fermentação natural com a utilização de fubá de milho e limão galego, “uma receita usada desde a época dos escravos”.

Sucesso

Em 2015, a cachaça Barra Velha se saiu bem em um concurso em Bruxelas, na Bélgica, ficando na 8ª posição. Na Expocachaça 2017, em Belo Horizonte, o Alambique do Leley leva o nome da cidade de Campos dos Goytacazes, montando seu stand junto à elite da produção de cachaça do Rio de Janeiro, na feira que é a vitrine mundial da bebida.
Foto: Leley - Expocachaça 2017 / BH
Expocachaça 2017 - A maior feira de cachaça do mundo

A Expocachaça foi a principal responsável pela visibilidade atingida e pelo status de destilado nobre, dando promoção e divulgação à bebida nos mercados interno e externo.

Nestes 20 anos, a Expocachaça foi palco de muitas mudanças no setor de cachaça, entre elas podemos citar:

A quebra de preconceitos contra a bebida e a popularização do consumo entre as classes sociais de maior poder aquisitivo; 
O selo de INMETRO; 
As cartas de cachaça nos restaurantes e bares mais sofisticados; 
A entrada de empresários de outros ramos no setor;
A produção consorciada de várias marcas de empresas diferentes em uma destilaria; 
O surgimento e a consolidação do trabalho de profissionais especializados em cachaça: Cachacieres, Bartenders, Master Blenders, entre outros; 
Apoio de órgãos governamentais e empresariais ao setor; 
O reconhecimento recente pelos EUA e México, da cachaça como produto típico e produzido exclusivamente no Brasil; 
A perspectiva da cachaça alcançar neste novo milênio o primeiro lugar no consumo de destilados do mundo, saindo do terceiro posto, que ocupa atualmente.


Leia Também:


Redação Portal do Farol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| DESTAQUE |

Alistamento militar com prazo até o dia 30 de junho

Divulgação Os jovens brasileiros do sexo masculino, que completam 18 anos em 2017, têm até o dia 30 deste mês para realizar o alistame...

| Geral |

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.