terça-feira, 16 de janeiro de 2018

288 anos de tradição: cavalhada emociona em mais uma edição

Foto: Luis Macapá 
A tarde desta segunda-feira, 15 de janeiro, foi marcada pela tradicional Cavalhada de Santo Amaro, no distrito de mesmo nome. Centenas de pessoas se reuniram para assistir à dramatização da batalha entre mouros e cristãos, que disputaram território por centenas de anos. Há 288 anos encenada em Campos, o ritual é passado de pai para filho, ano a ano.

De um lado, doze cavalheiros cristãos se vestem de azul e, do lado contrário, doze cavalheiros simbolizam os mouros vestidos de vermelho. Os cristãos são os vencedores da batalha que aconteceu na Península Ibérica após 800 anos de dominação moura. Em Campos, a disputa de credos dá lugar a uma tradição íntima, que marca a vida dos moradores de Santo Amaro. Welligton Henrique tem 37 anos e participa do espetáculo desde os nove. Há dois anos se tornou capitão dos cristãos, posto herdado de seu pai, Miguel Henrique, que parou de cavalgar aos 61 anos. Através da passagem de gerações, a cavalhada de Santo Amaro se mantém.

— Meu bisavô era cavalheiro, meu pai também. Participo da cavalhada desde meus nove anos. Meu pai era capitão dos cristãos e passou o posto para mim. Meu filho de 16 anos é cavalheiro também. Para nós é uma honra poder manter a tradição que faz parte de todos nós, que somos crias de Santo Amaro — disse Welligton.

Na Cavalhada, 24 homens cavalgam durante a encenação, mas as jovens começam a querer participar mais ativamente da festa. É o caso da filha de Welligton, que também é apaixonada pelo festejo. Em 2018, ela veio à frente dos cavalheiros puxando o desfile, com a bandeira da Cavalhada.“Minha filha de 15 queria cavalgar, mas a tradição é de que sejam homens encenando a batalha. Preparamos, então, a bandeira de Santo Amaro e, na abertura da Cavalhada, ela veio à frente de todos os cavalheiros”, contou.

A primeira encenação da Cavalhada aconteceu em 1730, porém a apresentação nos moldes que acontece nos dias atuais só passou a acontecer a partir de 1735. Quem esteve em Santo Amaro para assistir o evento também participou de momentos de emoção, como foi o caso da auxiliar de serviços gerais Ana Cristina dos Santos, de 40 anos, que há mais de 10 anos acompanha da tradicional festa. "É tudo muito especial, fico encantada com toda a programação. É uma tradição que não pode se perder", comentou. 

O aposentado José Gomes, de 68 anos, também prestigiou o evento. "A festa de Santo Amaro é sempre boa e esse ano não poderia ser diferente. É um momento para curtir a família,  cultivar a tradição e renovar a fé", disse. 

A festa de Santo Amaro tem apoio da superintendência de Entretenimento e Lazer, superintendência de Fiscalização de Posturas, secretaria de Saúde e Guarda Civil Municipal. 
Foto: Luis Macapá 


Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

ALAMBIQUE DO LELEY - Lazer, Comida Caseira, Tranquilidade, Ar Puro e a Premiada e Melhor Cachaça do Brasil

Você conhece o Alambique do Leley?  Foto: Fabiana Henriques Para os amantes da boa comida, do lazer, de um bom bate papo e que adora...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.