• Notícias

    FAROL - Moradores criam pomar comunitário em local onde havia entulho

    O descarte irregular de entulhos é crime passível de penalidades previstas na legislação municipal e pode ser denunciado por meio de telefone (22 98168-8422, 98175-0207,98175-1882) e e-mail (meioambiente@campos.rj.gov.br) de forma anônima.
    Foto: Ágda Quintanilha
    Um problema que vem crescendo na praia campista de forma alarmante são os entulhos deixados na rua ou em qualquer espaço público pela extensão do Farol de São Thomé.

    Há ruas que estão se transformando em verdadeiros lixões, o que pode colocar a saúde pública em risco, pois, o lixo depositado nas ruas, a céu aberto, atrai ratos, baratas e moscas, o que pode trazer doenças à população. Além disso, com a chegada das chuvas, os resíduos podem também permitir o desenvolvimento de larvas de mosquitos vetores de doenças como a dengue.

    Boa Iniciativa

    Na praia campista, um grupo de moradores observando a situação se tornar um problema em sua rua, resolveram usar a criatividade para transformar o local, que estava sendo usado para descarte irregular de lixos e entulhos, em um pomar comunitário.

    Os moradores contaram com a ajuda de pessoas que cederam caminhão, escavadeira e mudas de árvores frutíferas para serem plantadas no local, como: abacate, graviola e laranja.

    De acordo com Ágda Quintanilha, proprietária de academia e uma das moradoras próxima ao local, o projeto já havia sido idealizado há tempos, mas, só agora pôde ser colocado em prática. "O espaço é aberto para quem quiser contribuir, positivamente, nos ajudando a cuidar, plantar e vigiar para que ninguém volte a jogar lixo novamente. Plante ideias e coisas boas!" - disse Ágda.
    PEVES - Ponto de Entrega Voluntária de Entulhos

    Na praia do Farol, no Rádio Velho, a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental da Prefeitura de Campos criou um PEVES - Ponto de Entrega Voluntária de Entulhos, que fica situado atrás da Escola Municipal Farol de São Thomé e funciona de segunda a sexta, das 9h às 19h.

    Despejar de forma irregular resíduos de construção, móveis usados e outros materiais inservíveis, chamados de entulhos, é um problema comum, não só na praia campista, mas também nos grandes centros.

    Os Peves foram criados para atender à Lei Municipal regulamentada 8.232/2011, que diz que pequenos entulhos e demais resíduos, como galhadas, telhas, tijolos e bens inservíveis são de responsabilidade de quem o gera, e por sua vez, devem ser encaminhados para pontos adequados.

    A criação dos Peves evita ainda, que aproximadamente 24 toneladas dos resíduos irregulares gerados mensalmente, em todo município, sejam despejados irregularmente nas vias públicas ou ainda, em terrenos baldios.

    A pandemia da Covid-19 reforçou a necessidade de conscientização da população quanto ao descarte correto de lixos e entulhos. O descarte irregular é crime passível de penalidades previstas na legislação municipal e pode ser denunciado por meio de telefone ou e-mail de forma anônima.
    Denúncias podem ser feitas por meio de telefone ou e-mail de forma anônima.
    Foto: Ágda Quintanilha
    Projeto Pomar Comunitário | Foto: Ágda Quintanilha
    Foto: Ágda Quintanilha
    Foto: Eliana Oliveira
    Entulhos são jogados em via pública no Farol de São Thomé | Foto: Eliana Oliveira
    Foto: Eliana Oliveira

    Nenhum comentário

    Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!