• Notícias

    Com iluminação e programação visual retro-futuristas, Jota Quest fecha com chave de ouro a edição 2020 do Sesc Verão

    Emoção do grande público em Jota Quest marca último dia de Arena Show
    Foto: Tarcísio Nascimento
    Lotada, a Arena Show da praia campista Farol de São Thomé recebeu, neste sábado (15), a banda Jota Quest, no último final de semana do Sesc Verão Alô Farol 2020, antes do Carnaval. Com reforço dos backing vocals Play e Tibless e a participação especial do violonista e guitarrista Pedro Cassini, a banda reuniu gerações e a emoção e romantismo tomaram conta em diversos momentos do show. 

    Os maiores sucessos da carreira da banda, que prepara para as celebrações de seus 25 anos de história, foram cantados em coro pelo público. Entre eles, "Além do Horizonte", "Encontrar Alguém", "Mais uma vez", "Na Moral", "Dias Melhores", "Pra quando você se lembrar de mim", "O sol", "Mandou bem", Amor Maior, "Só hoje", entre diversos outros. 

    A banda dos mineiros Rogério Flausino (voz), Paulinho Fonseca (bateria),  PJ (baixo), Marco Túlio (guitarra) e Márcio Buzelin (teclados), lembrou, ainda, a primeira música tocada no rádio, em 1996: "As dores do mundo". E, quando tocaram a música "De volta ao planeta", trouxeram à lembrança Raul Seixas, com a canção "Sociedade  Alternativa". 

    Em uma das primeiras filas, mãe, pai e filha (Julliana, Guilherme e Alice, respectivamente), que são fãs de rock nacional, também curtiram o show. "O rock nacional faz parte das nossas vidas e viemos também aos shows do Nando Reis e Paralamas do Sucesso agora neste verão. Somos colecionadores de paletas e já temos mais de 30. Hoje, no show do Jota Quest, ganhamos mais uma" informou com empolgação a publicitária Julliana, que conheceu o marido há 27 anos na praia campista. 
    Foram 12 shows nacionais no verão do Farol. "Um verão com cinco vezes menos investimentos que verões vizinhos, por exemplo, mas que marca pelo baixo índice de violência. Tivemos a renovação de uma praça de alimentação dentro da Área de eventos, onde mais de R$ 500 mil foram economizados graças a uma parceria público privada. A parte disso, as pessoas também puderam curtir outras atrações na praça de alimentação, sem pagar absolutamente nada. O balanço é positivo e um indicador que este é o futuro, que é a parceria público privada. Não  só em Campos, mas em toda a região" - avaliou o superintendente de Entretenimento e Lazer, Hélio Nahim. 






    Supcom

    Nenhum comentário

    Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!