Últimas Notícias

Farol de São Thomé abre terceira edição do Orçamento Participativo

Foto: Renan Liu 
Neste segundo semestre, serão realizadas no total 9 audiências públicas para elaboração da Lei Orçamentária Anual de 2020.

Foi realizada na noite dessa terça-feira (9), no Colégio Estadual Manoel Pereira Gonçalves em Farol de São Thomé, a primeira audiência pública da terceira edição do Orçamento Participativo, para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. O encontro com a comunidade de Farol e localidades próximas marca a abertura da terceira edição do Orçamento Participativo, que busca definir junto à população as prioridades de investimento para o próximo ano. 

As cerca de 100 pessoas presentes definiram os três principais pontos a passarem por investimentos em Farol: infraestrutura, saúde e desenvolvimento econômico. O subsecretário adjunto de Planejamento e Orçamento da Secretaria Municipal da Transparência e Controle, Fernando Antônio Loureiro, ressaltou que a participação da população é primordial para o desenvolvimento da LOA 2020:

- Como em 2017 e 2018, começamos a série de audiências com o pé direito, debatendo em bom nível e com adesão muito positiva. Muito importante que a população entenda a importância dessa relação participativa entre sociedade civil e gestão municipal. Tivemos um encontro proveitoso, com a oportunidade de apresentar demandas que foram geradas de audiências e estão sendo atendidas e pensar da melhor forma as prioridades para o próximo ano – disse Fernando.

Entre as prioridades apontadas, foram escolhidas as principais. Em infraestrutura, os presentes definiram que a principal demanda ficará por conta da Empresa Municipal de Habitação (Emhab), com o saneamento básico para áreas rurais, urbanas e de interesse social. O presidente da Emhab, Carlos Nei, participou da conversa, apresentando iniciativas para melhorias na Vila dos Pescadores. Com a finalidade de projetar soluções imediatas para esta região, uma reunião com os moradores foi marcada para o próximo mês, após sugestão do próprio presidente da Emhab.

Em saúde, foram destacadas as solicitações: ampliação da assistência odontológica, marcação de consultas online, mais remédios e maior disponibilidade de médicos. Já pelo desenvolvimento econômico, a oportunidade do primeiro emprego foi a demanda mais apontada. “Nosso intuito é dividir com a população a responsabilidade de transformar o município. Porque é a comunidade que melhor pode apontar as principais demandas a terem recursos direcionados”, afirmou a assessora chefe de projetos estratégicos do gabinete do prefeito, Helga Geovanna Fonseca.

Durante a reunião também foi levantado o atendimento a demandas geradas em anos anteriores. O diretor de projetos da Superintendência de Igualdade Racial, Diogo Lima, anunciou que um curso preparatório para o Instituto Federal Fluminense (IFF) será ofertado pela Supir a 60 pessoas em Farol, e terá inscrições abertas nos próximos dias. O curso foi um pedido dos moradores na edição anterior do Orçamento Participativo. 

Será realizado um total de nove reuniões durante este segundo semestre, sempre das 18h às 21h. a próxima audiência pública acontece na noite desta quarta-feira (10), na Escola Municipal Albertina Azeredo Venâncio, em Travessão.

Também esteve presente, José Roberto Pessanha, representando a subsecretaria de Pesca, vinculada à Secretaria de Agricultura.




Supcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

Portal do Farol | O Portal de Notícias do Farol de São Thomé | Designed by F.H. | TecnologiaTemplateism.com | Todos os direitos reservados. Copyright © 2019

Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates