• Notícias

    Suindara é solta no Parque Estadual Lagoa do Açu

    Divulgação
    Agentes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizaram, na terça-feira (18/09), a soltura de uma espécie de ave Suindara (Tyto furcata), no Parque Estadual Lagoa do Açu, administrado pelo Inea.


    Segundo a equipe do órgão ambiental estadual, o animal foi encontrado ainda filhote por um morador de Travessão, em Campos, e entregue pela equipe aos pesquisadores do Núcleo de Estudos e Pesquisas com Animais Selvagens da Universidade Estadual do Norte Fluminense (NEPAS/UENF). A ave apresentava boas condições de saúde.

    Por ser filhote, o animal ficou no Nepas/UENF para tratamento e desenvolvimento, desde seu resgate, em agosto deste ano. Após 43 dias de reabilitação e treinamentos de voo, o animal foi entregue à equipe da Unidade de Conservação nesta terça, que efetuou a soltura no mesmo dia.

    “Para esta ação de soltura e/ou reintrodução de animais silvestres, a Unidade de Conservação sempre teve o apoio dos profissionais do Nepas/UENF”, comentou o chefe do Parque Estadual Lagoa do Açu, Heron Costa.

    A Suindara possui em média 33 a 36 centímetros, com envergadura podendo chegar a um metro. De hábitos noturnos, prefere presas vivas e se alimenta de roedores e invertebrados. É encontrada em todos os continentes, exceto em áreas muito frias. No Brasil, só aparece com menos incidência em regiões mais densas da Floresta Amazônica.

    O Parque Estadual Lagoa do Açu é uma Unidade de Conservação do Inea, e possui uma área de 8.251,45 hectares, abrangendo partes dos municípios de Campo de Goytacazes e São João da Barra, região do litoral norte do estado do Rio de Janeiro.


    Ascom

    Nenhum comentário

    Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!