Últimas Notícias

Artista pernambucano se destaca em terra campista

O pernambucano Daniel Lima mora em Campos e esculpe arte sacra
(Foto: Reprodução)
Extrair do barro a essência para esculpir obras de arte. Este é o talento do pernambucano Daniel Pereira Lima, morador da Praia do Farol de São Thomé. 

Ele é responsável por uma série de obras sacras, além de utensílios e objetos de decoração. Seu trabalho vem chamando a atenção dos admiradores de esculturas e artesanatos.

A arte sacra se destaca entre as suas atividades como escultor. Ele foi influenciado por nomes expressivos como Aleijadinho e Osmundo Teixeira.

Autodidata, Daniel Lima iniciou-se no ofício de escultor aos 12 anos de idade, na cidade onde nasceu, Tracunhaém. Os mestres e artesãos nordestinos serviram de inspiração. “Passei a juventude em minha cidade natal. Lá, a arte com o barro é rotineira. Desenvolvi minha arte graças à vivência e à proximidade dos artesãos locais. Acabei me apaixonando por trabalhar com o barro e transformá-lo a minha arte”, diz o escultor.

Além dos mestres do barroco brasileiro Aleijadinho e Osmundo Teixeira, Daniel se diz inspirado também pelo surrealismo e sensualidade do contemporâneo Francisco Brennand. O artista gosta de criar temas livres e abstratos. Em suas obras, utiliza de diversas técnicas como o rolinho, placas, blocos, repuxagem, fundição e torneamento. Daniel Lima também confecciona suas peças com ferramentas e tornos, além de construir os fornos para queima das obras, em seu ateliê em Farol de São Thomé.

E como surge a inspiração na hora de criar uma imagem sacra? “O barro permite os movimentos das mãos orientados por forças conscientes  e inconscientes. Uma vontade intensa de me expressar. Movimentos lentos ou rápidos, às vezes delicados ou brutos e agressivos”, revela. Além do trabalho em barro, Daniel Lima desenvolve temas em papel machê, com reutilização de objetos.

Daniel também ensina modelagem em barro. Um de seus sonhos é difundir a técnica de esculpir imagens e descobrir novos talentos para a arte da escultura. “Meu objetivo é despertar a criatividade e sensibilidade das pessoas para a arte. Trata-se de uma habilidade que ajuda no resgate da autoestima por meio da produção artística”, considera.
Arquivo Pessoal

Artista e inspiração para jovens. Na cidade de Laje do Muriaé, onde ministrou oficina de modelagem no Centro Cultural Maria Beatriz Daniel, é exemplo que ajuda a descobrir novos talentos para a arte. Leonardo Moraes, 19 anos, se inspirou no mestre e já esta preparando seus primeiros trabalhos e fala do que a arte representa para ele.

— Para mim, Daniel foi uma pessoa muito importante e me ajudou a despertar ainda mais o desejo que tenho de trabalhar voltado pra arte sacra. Foi no barro que também melhorei minha autoestima e me ajudou a controlar a ansiedade — disse o jovem.

— Para falar do Daniel é simples até porque a humildade e simplicidade que ele e o profissional de um talento incomparável. Eu adorei fazer o curso de cerâmica com ele, amo a arte. A arte está no meu sangue, a explicação que ele nos passa é clara e explícita. Aprendi muito e vou guardar todos os detalhes comigo e sempre que puder vou praticar mais. Digo isso porque como desenhista, letrista e trabalho com decoração fica um pouco complicado para me dedicar mais – ponderou Eleandro Gama da Silva. 
_______________________
*****ATELIÊ K ENTRE NÓS ARTES*****

Av: Olavo Saldanha - Nº 1018 - Rádio Velho
ORLA / Farol de São Thomé - Campos / RJ
(Após o Camping)

Tel: (22) 99928-9304 / 99722-2690 / 98107-1698
_______________________
Fotos: Fabiana Henriques


JTV | Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

Portal do Farol | O Portal de Notícias do Farol de São Thomé | Designed by F.H. | TecnologiaTemplateism.com | Todos os direitos reservados. Copyright © 2019

Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates