Últimas Notícias

Lote de água mineral Raposo é interditado pela ANVISA

Divulgação
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA – determinou nesta quarta-feira (29) uma interdição cautelar em todo o Brasil do lote 213238 do produto Água Mineral Natural da marca Raposo, fabricado por uma empresa de Itaperuna. De acordo com a ANVISA, o lote foi produzido no dia 04/10/2013 com validade até o dia 04/10/2014.


A bebida apresentou uma bactéria chamada pseudomonas aeruginosa, encontrada normalmente na natureza. Segundo Dr. Charbel Cury, Responsável pela Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Campos, pessoas saudáveis não apresentam sintomas, mas o perigo está nas pessoas de baixa imunidade, principalmente as gravemente enfermas.

Esta bactéria é resistente a um grande número de antibióticos e antissépticos, o que a torna numa importante causa de infecções hospitalares. Ela infecta os aparelhos respiratório e urinário, queimaduras e sangue e causa pneumonia, ainda que raramente. A bactéria ainda é a causa mais comum de infecção de ouvido, sendo, inclusive, fatal em áreas vitais.

Carla Capobianco, química responsável da empresa, disse que é impossível a fonte ser contaminada; e que este é um fato isolado. A empresa está há 103 anos no mercado e isso nunca aconteceu.

O proprietário da marca, Hélio Martins Filho, disse que uma contraprova será encaminhada à ANVISA até o dia 13 de fevereiro e que o produto desse lote (213238) foi retirado da comercialização.








Portal OZK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

Portal do Farol | O Portal de Notícias do Farol de São Thomé | Designed by F.H. | TecnologiaTemplateism.com | Todos os direitos reservados. Copyright © 2019

Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.
Published By Gooyaabi Templates