segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Sérgio Luiz e Maira Viana largam na frente na corrida pelo título Estadual de 2016

 Foto: SK Produções
A estreia do Circuito Estadual FEBBRJ 2016 foi um sucesso. Altas ondas e mais de 85 atletas tops de todas as partes dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná e Ceará, foram os ingredientes certos para que o público prestigiasse e lotasse as areias do Farol de São Thomé, em Campos.

As ondas estavam bem grandes e fortes, tanto que no primeiro dia a organização optou por colocar na água apenas as categorias Profissional e Open masculino.  Os destaques neste primeiro dia ficaram por conta de Francirley Ferreira, do Rio de Janeiro, e Lucio Santana de São João da Barra, que marcaram duas das maiores notas do evento, Lúcio incluisive com um Rollo Aéreo absurdamente alto. Alexandre Silva, Dionatan Barroso, Rafael Paes, Sergio Luiz e o cearense Isaias Ravic passaram suas baterias com bons somatórios e muita radicalidade.

No domingo o mar amanheceu um pouco menor, com o passar de algumas horas o mar acertou e ai foi show de bodyboarding. Entre os profissionais o grande campeão foi o carioca Sérgio Luiz, vencendo o são-joanense Lúcio Santana. Sérgio mostrou muita precisão e regularidade em todo o campeonato e fez baterias eletrizantes como na semifinal. Os terceiros colocados foram Dionatan Barroso, local do pico e o cabo-friense Alexandre Silva, que não fizeram por menos e por isso também chegaram ao pódio.

As mulheres da Profissional feminino entraram na água e tiveram que mostrar muita garra e atitude para passar a arrebentação. A capixaba Maira Viana mostrou melhor preparo físico para encarar as dificuldades imposta pelo mar. Além do preparo, Maira pegou duas boas ondas na final combinando 360 invertidos de grande qualidade com El Rollo na junção. Maira enfrentou a riostrense Yumi Vasconcelos na final, Yumi chegou inclusive a ficar em combinação, mas reagiu nos minutos finais da bateria e conseguiu achar duas ondas, porém insuficientes para tirar a vitória das mãos de Maira Viana, que já coleciona 3 títulos estaduais como profissional e vai em busca do tetracampeonato.

A open masculino surfou praticamente no primeiro dia, quando foram realizadas todas as fases, até a semifinal. O destaque no primeiro dia ficou por conta do macaense Filipi Souza, que acertou uma das manobras mais altas e pesadas de todo campeonato. Sócrates Santana mostrou grande regularidade e teve somatórios sempre acima dos 12,5, garantindo vaga na final junto com Igor Santana, Jerson Luiz e Thiago Barros.

Na final, o carioca Sócrates Santana manteve o bom desempenho das baterias anteriores e venceu, largando na frente na corrida pelo título estadual de 2016. Colado no campeão, o macaense Thiago Barros fez uma bela apresentação e ficou apenas 0,83 pontos atrás, erguendo o troféu de vice-campeão. Na terceira colocação ficou o também carioca Igor Santana e em quarto lugar o riostrense Jerson Luiz, que não achou as ondas necessárias para repetir o bom desempenho mostrado nas fases anteriores.

Na Open feminina, quem venceu foi Nivia Borghi. A capixaba venceu as dificuldades do mar e achou duas ondas necessárias para a vitória. Logo atrás ficou Janiara Alves, atleta local do Farol de São Thomé. Em terceiro lugar ficou a riostrense atual campeã estadual Victoria Moraes e fechando o pódio na quarta colocação a cabo-friense Izabel Fonseca.

Pela categoria de base, a Sub 16 masculino, a garotada vem mostrando que apesar da idade reduzida, o surf já é de gente grande. Encararam as bombas do Farol e manobraram com muita disposição. O campeão mais uma vez foi o macaense Luan Tavares, em grande fase e vencendo praticamente tudo que disputa em sua categoria, Luan larga na frente para o bicampeonato estadual. O segundo colocado foi o paranaense Guilherme Unifred, desconhecido entre os atletas do Rio, Guilherme mostrou o poder do bodyboarding paranaense e por pouco não venceu o campeonato. Os cariocas Igor Almeida e Jhonatan Silva fecharam o pódio na terceira e quarta colocação respectivamente.

A 1ª Etapa do Circuito Estadual FEBBRJ também soma pontos para o Circuito Regional UBCS e é uma apresentação da Prefeitura Municipal de Campos e Fundação Municipal de Esportes. O Co-patrocínio é da Genesis Bodyboards, a marca de prancha que mais investe no bodyboard brasileiro, também dos pés de pato The One II, que chega ao mercado com novo modelo e muita qualidade e da Slake Surf Wear, a marca de roupas com mais de 20 anos de praia e investimento no esporte em Campos e região. Também apoiaram o evento a Joia Nobre, a marca Paula Alonso – Doctor Surf e a SK Produções, a organização ficou por conta da UBCS e FEBBRJ.

Agora bodyboarding do Rio de Janeiro prepara suas malas para a próxima etapa do Circuito Estadual FEBBRJ 2016, que será na ondas da Praia dos Cavaleiros, em Macaé.





Febberj

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| DESTAQUE |

Alistamento militar com prazo até o dia 30 de junho

Divulgação Os jovens brasileiros do sexo masculino, que completam 18 anos em 2017, têm até o dia 30 deste mês para realizar o alistame...

| Geral |

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.