quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Festa de Santo Amaro tem seu ponto alto nesta sexta

Foto Patricia Bueno
O dia 15 de janeiro costuma atrair para a Baixada Campista pessoas de várias partes do Brasil, em sua maioria, devotos de Santo Amaro. No distrito de mesmo nome, uma interessante mistura de sons, cores, tradições e fé compõe a programação dos festejos em louvor ao Santo, que estão em sua 283ª edição. 

Na madrugada desta sexta-feira (15) dia do Padroeiro, haverá acolhida aos romeiros, e missas às 3h, 5h, 9h, 11h, 13h. Através da parceria entre a Prefeitura e a Diocese de Campos, os romeiros e adeptos admiradores do Caminho de Santo Amaro vão ter todo apoio necessário durante o percurso de 39 quilômetros.

 Diversos órgãos da Prefeitura vão prestar serviços aos romeiros, com equipes fixas nos pontos de apoio montados no percurso. Equipes móveis também circulam pela RJ-216 desde a noite de ontem. "Os pontos de apoio na RJ-216 vão ser instalados junto do trevo da Rodovia Campos-Farol com a Rodovia dos Ceramistas, em frente ao Posto do Batalhão da Policia Rodoviária Estadual BPRv), em Mineiros; e na localidade de Boa Vista, sendo que este último será para apoiar os que sairão da Praia do Farol de São Thomé e fazer a peregrinação da praia até Santo Amaro", informou o presidente da Codemca, Wainer Teixeira.  No trajeto, os romeiros terão direito a frutas, água mineral e lanterninhas de Santo Amaro, que são auto recarregáveis, e muito úteis para auxiliar no perímetro rural da estrada.

Shows e Cavalhada - Nesta sexta-feira, a partir das 21h, acontece o show com o cantor católico Davidson Silva e, no sábado, tem Dom Américo. “A programação foi elaborada em parceria com a comunidade. As comemorações incentivam o comércio local e aumentam o turismo religioso”, destaca a presidente da FCJOL, Patrícia Cordeiro.

A Cavalhada será a principal atração da festa do Padroeiro, às 15h. A Cavalhada simboliza um duelo entre mouros e cristãos. São 24 cavaleiros: 12 se vestem de vermelho, representando os mouros; e 12 de azul, representando os cristãos. Os cavalos são enfeitados com plumas na cabeça, unhas pintadas e metais polidos.

O duelo acontece por conta do amor que o Rei Mouro tinha pela filha do Rei Cristão. Ele não aceitava que sua filha se envolvesse com um homem que não tinha a fé cristã. Filho de Chico Costa, um dos mais antigos cavaleiros da Cavalhada de Santo Amaro, Joel Costa é o capitão dos mouros. Ele participa da Cavalhada desde os 17 anos de idade. "Há anos que participo da Cavalhada, tradição passada de geração para geração. É muito importante para mim, seguir meu pai, e agora, eu e meu filho Uanderson também estamos juntos participando", disse.

As homenagens ao Padroeiro da Baixada Campista reúnem tradição, fé, cultura e turismo numa só festa, perpetuando uma devoção que foi trazida a Campos pelos monges beneditinos, que chegaram à região em 1648.






Secom / O Diário RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| CLIQUE e Saiba Mais |

| CLIQUE e Saiba Mais |
01, 02 e 03 de Dezembro

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

CÚPULA DA CACHAÇA - Barra Velha Prata e Premium entram na lista das '250 Cachaças Mais Queridas do Brasil' e seguem no Ranking

Foto: Fabiana Henriques A primeira fase do III Ranking Cúpula da Cachaça – o Voto Popular – demonstrou, mais uma vez, como a produção ...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.