segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Gigante à vista

Divulgação
Na RJ-216, rodovia que liga Campos à Praia Farol de São Thomé, é possível avistar um gigante de 45 metros de altura, que concentra a identidade e a história do lugar.

Pra quem não sabe, o monumento do farol foi inaugurado há 133 anos e sua construção realizada cinco anos antes, em 1877, pela mesma empresa de engenharia que construiu a famosa Torre Eiffel, de Paris, na França, e a Estátua da Liberdade, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.  Foi inaugurado em 29 de julho de 1882, em comemoração ao aniversário da princesa Isabel.

Neste verão, quem quiser subir os 216 degraus e ter uma visão privilegiada da praia já pode agendar as visitações, seguindo um cronograma acordado entre a Prefeitura de Campos e a Marinha do Brasil, que administra o local.

O monumento do farol é uma importante ferramenta de navegação marítima e principal símbolo histórico do Farol de São Thomé. O instrumento de sinalização indica a existência de algum perigo no mar e também orienta os navegantes quanto à localização da terra. A estrutura é feita de um ferro especial que resiste à ferrugem, razão pela qual ainda se encontra em bom estado de conservação, do contrário a maresia já o teria destruído. 

Durante a segunda guerra mundial, essa área serviu para aterrissagem de helicópteros para abastecimento, quando viajavam às costas da região. No ano de 1967, houve um incêndio na lanterna, o farol foi então substituído por outro de categoria inferior e seu alcance ficou reduzido a 19 milhas (mais ou menos 35 km). Antes do incêndio, a lanterna era cercada de vidraça e equipada com lente de cristal na espessura de três centímetros com lâmpada de 1000 watts e emitia oito faixas de luz que giravam em forma de leque e alcançavam 25 milhas (mais ou menos 46 km). 

Na época de sua inauguração, funcionava a querosene, atualmente funciona com energia comercial, mas possui dois geradores e ainda funciona a querosene como originalmente, se preciso. O farol acende de acordo com horário do por do sol e faz a volta completa em 68 segundos.

As visitações foram retomadas no dia 15 de dezembro, após reunião, realizada em novembro, entre a Codemca e o Centro de Sinalização Náutica Almirante Moraes Rego (CAMR), em Niterói. 

Os interessados devem se dirigir ao stand do turismo em frente a Mansur no Náutico ou na superintendencia de pesca na Av: Olavo Saldanha - Centro da praia campista. Outra opção é realizar o agendamento pelo telefone (22) 2733-4331. As visitas acontecem sempre aos sábados de manhã. “Com as festas de final de ano, as visitações vão voltar a ser realizadas nos dias 9, 16, 23 e 30 de janeiro e 20 e 27 de fevereiro. Depois disso haverá visitação pelo menos uma vez por mês a partir de março”, destacou a diretora de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ana Neri Alvarenga. Até ontem (27), cerca  de 113 agendamentos haviam sido contabilizados para esses dias.

Por sábado serão seis grupos de 12 pessoas, totalizando 72 visitantes, todos devem ter a partir de 14 anos e estar acompanhados de um responsável. Após o agendamento é necessário assinar o termo de responsabilidade, protocolo exigido pela Marinha.






O Diário RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

CÚPULA DA CACHAÇA - Barra Velha Prata e Premium entram na lista das '250 Cachaças Mais Queridas do Brasil' e seguem no Ranking

Foto: Fabiana Henriques A primeira fase do III Ranking Cúpula da Cachaça – o Voto Popular – demonstrou, mais uma vez, como a produção ...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.