terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Avanço do mar faz Defesa Civil interditar estrada entre Farol e Açu

Foto Secom
O avanço rápido do mar no litoral de Campos e São João da Barra resultou na erosão em trecho da estrada litorânea entre o Xexé e Maria da Rosa, no Cabo de São Thomé. 

Devido à destruição de parte da estrada, na curva situada nas proximidades da Ponte Maria da Rosa, a Defesa Civil de Campos interditou a estrada na tarde desta terça-feira (06/01) para evitar acidentes, com queda de veículos dentro do mar.

Autoridades das áreas operacionais da Prefeitura de Campos, e técnicos do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) foram acionados. Motoristas que estiverem no Farol, com destino ao Porto do Açu, tem como caminho alternativo a RJ-216, entrando em Baixa Grande, na rodovia municipal, que liga o distrito à localidade de Capela de São Pedro, onde tem acesso novamente à estrada litorânea.

Veículos traçados (com tração 4 X 4) da Defesa Civil e do INEA retiraram veículos que se arriscaram na travessia sobre o elevado banco de areia na estrada e ficaram com as rodas presas. No final de segunda-feira (05/01), devido ao comprometimento do leito da estrada, desestruturado pelas águas do mar, os secretários da Defesa Civil, Henrique Oliveira, e de Obras, Urbanismo e Infraestrutura, Edilson Peixoto, acordaram em utilizar uma máquina nesta terça-feira pela manhã, para amontoar areia na estrada, próximo da ponte.

"Essa medida visa impedir que motoristas tentem ultrapassar o ponto de bloqueio e sejam vítimas de acidente por imprudência, tendo em vista o iminente risco de desabamento", descreve o major Edison Pessanha, subsecretário da Defesa Civil, em Campos, que esteve com equipe do órgão e técnicos do Inea. Ele informou que venta muito no local e os trabalhos com a máquina na tarde e noite desta segunda-feira implicaria em risco para motoristas de caminhões bem como para o operador da máquina pá mecânica.

O secretário de Defesa Civil, Henrique Oliveira afirma que já estão sendo adotadas medidas emergenciais e, em seguida, será discutida a situação com a comunidade acadêmica, tendo em vista que, neste momento, não existe alternativa para frear o avanço do mar. “A solução nos remete à construção de enrocamento (formado por fragmentos de rocha compactados em camadas de rochas) na orla daquele trecho, mas essa alternativa é algo de elevada complexidade técnica. Há necessidade de estudo hidrológico, ações que não são de competência dos municípios, porque ali, na orla, decisões dessa natureza competem à Marinha do Brasil e ao Ibama”, detalha o secretário.











Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

CÚPULA DA CACHAÇA - Barra Velha Prata e Premium entram na lista das '250 Cachaças Mais Queridas do Brasil' e seguem no Ranking

Foto: Fabiana Henriques A primeira fase do III Ranking Cúpula da Cachaça – o Voto Popular – demonstrou, mais uma vez, como a produção ...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.