segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Corpo encontrado em Macaé pode não ser do pescador Renildo, segundo irmã

Foto: Rosieli Souza
De acordo com informações de alguns pescadores da praia do Farol, o corpo de um homem foi encontrado por fora da ilha Santana, em Macaé, por uma embarcação que colocava rede de espera no local.

Os pescadores da embarcação que sabiam do caso do desaparecimento do pescador em Farol, entraram em contato com pescadores da praia campista que foram ao encontro do corpo. Chegando ao local, reconheceram o corpo como sendo o de Renildo devido a uma tatuagem semelhante ao dele, já que se encontrava em estado avançado de decomposição. Em seguida, acionaram uma embarcação de apoio de Macaé, que junto com o corpo de bombeiros fizeram o resgate. 
Facebook de Rosieli Souza

A irmã de Renildo, Rosieli Souza, ao saber da notícia, foi até a cidade de Macaé fazer o reconhecimento, e afirma que o corpo não é do seu irmão. "Vamos continuar na.busca do meu irmão e conto com todos que puderem me ajudar nessa busca. Desde já agradeço a todos vocês" - disse Rosieli.

Buscas

Durante toda esta segunda-feira, pessoas se aglomeravam pelo porto, terminal pesqueiro do Farol. Comovidos com o ocorrido, tentavam decifrar o que teria acontecido com a embarcação "Najla" que havia saído desde o dia 29/08, domingo,  para pescar.

Em frente à colônia Z-19, muitos pescadores se reuniram durante todo o dia, bastante apreensivos.

Uma equipe da Capitania dos Portos, amigos e colegas de trabalho ajudavam a encontrar pistas sobre o desaparecimento. De acordo com a colônia de pescadores local e a Capitania dos Portos, os trabalhos de busca que foram interrompidos no início da noite desta segunda-feira (01), serão retomados na manhã desta terça-feira (02).

Durante as buscas que alguns pescadores fizeram no domingo, um galão de óleo, um gancho de puxar rede, pedaços de madeira com a mesma cor do barco desaparecido, pedaços de isopor, um botijão de gás, além de um pé de chinelo e uma bermuda foram encontrados no mar em direção à Maria da Rosa próximo ao Farolzinho. A suspeita de outros pescadores é que a embarcação desaparecida tenha naufragado.

Entenda o caso

Uma embarcação de pequeno porte, (10 metros), com dois pescadores desapareceu no mar da praia de Farol de São Thomé. Segundo relato dos familiares, Renildo Barreto de Souza, de 33 anos, e seu amigo Wathila, mais conhecido como pelezinho, saíram no domingo passado (24) para pescar e deveriam ter voltado na última quarta-feira (27), já que Renildo tem o costume de ficar até quatro dias em alto mar. Segundo Reinaldo Barreto, 59 anos, pai de Renildo, o filho sempre voltava após ficar até quatro dias em alto mar. "Eles tinham que ter voltado entre os dias 27 e 28".
Renildo Barreto de Souza
Duas embarcações e uma aeronave da Marinha do Brasil iniciaram as buscas. O trabalho foi reforçado nesta segunda-feira (1º) com cerca de 20 barcos de pesca que entraram no mar da praia do Farol para ajudar nas buscas pelos dois. A procura começou a ser feita pelos pescadores no sábado (30) e ganhou reforço com as embarcações e a aeronave da Marinha no domingo (31).

“Eles pescavam camarão tipo VG a cerca de 12 milhas da costa do Farol, trata-se de um ponto bem distante da costa, perto da rota de navios. Também estamos considerando que pode ter ocorrido algo quando tentavam atravessar o Cabo de São Thomé, onde há ondas parecidas com as da beira mar”, disse Rodolfo. A embarcação possui 10 metros de comprimento e os pescadores devem ter enfrentado condições adversas no mar.“ Houve duas mudanças de vento nos últimos dias e o mar estava muito agitado”, afirmou.

Rodolfo revela que um dos pescadores, Renildo Barreto, de 33 anos, pai de 4 filhos, tem experiência de  muitos anos de pesca e já passou por situações adversas no mar.

A Colônia de Pescadores do Farol pediu ajuda à Capitania dos Portos, em São João da Barra, para continuar as buscas.

“Nós estamos unidos pra encontrar os dois e todo mundo está muito empenhado. A família nos comunicou na sexta (29) de tarde e fizemos o procedimento normal para esses casos. O destino deste barco era o porto de Macaé, onde fizemos contato. Também entramos em contato com outros portos da região, mas não tivemos notícias, então, fizemos o comunicado à Capitania dos Portos”, contou Rodolfo José Ribeiro, presidente da Colônia de Pescadores  Z-19 do Farol.

O nosso Portal se sensibiliza pela família. Que Deus conforte a senhora Rosinete (mãe), ao senhor Reinaldo (pai) e aos familiares e amigos em geral, a esperança é a última que morre.

Que Deus possa acompanhar a cada dia esses guerreiros do mar em suas jornadas.

Fotos: Fabiana Henriques


Porto


Porto






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| CLIQUE e Saiba Mais |

| CLIQUE e Saiba Mais |
01, 02 e 03 de Dezembro

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

CÚPULA DA CACHAÇA - Barra Velha Prata e Premium entram na lista das '250 Cachaças Mais Queridas do Brasil' e seguem no Ranking

Foto: Fabiana Henriques A primeira fase do III Ranking Cúpula da Cachaça – o Voto Popular – demonstrou, mais uma vez, como a produção ...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.