quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Farol-Barra do Furado: ampliação do projeto é apresentada

Foto: Rodolfo Lins
As Prefeituras de Campos e Quissamã realizaram audiência pública para apresentar as alterações do Projeto Executivo do Complexo Logístico e Industrial Farol/Barra do Furado.


A audiência foi realizada nesta quinta-feira (28) no auditório do Centro Administrativo José Alves de Azevedo, sede da Prefeitura de Campos, e reuniu técnicos das duas prefeituras, membros do Grupo de Trabalho do PBA (Plano Básico Ambiental) do Complexo Logístico Farol Barra do Furado, e representantes do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) e entidades da sociedade civil, como das Colônias de Pesca (Farol de São Thomé e Barra do Furado), Fundação Pró-Tamar  e  NEA-BC (Associação Núcleo de Educação Ambiental da Região da Bacia de Campos).

O secretário de Obras, Urbanismo e Infraestrutura de Campos, Edilson Peixoto, explicou que alterações no projeto original foram necessárias em função do interesse de investidores dos setores naval e de logística portuária, tendo em vista a localização estratégica do Complexo Logístico e Industrial, que é o ponto mais próximo das plataformas da Bacia de Campos e que terá base logística de apoio às atividades offshore, inclusive com estaleiros para fabricação de embarcações e reparos em rebocadores, navios de serviços e plataformas de petróleo.

O secretário Edilson Peixoto e o superintendente da PCE (Projetos e Consultorias de Engenharias Ltda), Ricardo Gregório, que presta serviços de consultoria à Prefeitura de Campos na execução do Projeto do Complexo, apresentaram em primeiro plano o projeto original e, em seguida, destacaram as alterações, com detalhes técnicos das fases 1 e 2.  Entre os detalhes apresentados, estavam o desmonte do molhe de pedras do lado Norte (que será reposicionado conforme estudos para dar proteção à orla após o by pass);  o acréscimo no comprimento do molhe Sul que, na fase 2, passará dos 220m para 650m; a dragagem da Bacia de evolução dos navios, que saltará de 7,50m de calado para 11m; a dragagem do canal das Flechas para obter calado de 7,50m para poder receber navios e plataformas para reparos nos estaleiros que vão ser instalados ao longo do Canal das Flechas;  preparação de infraestrutura em área de mais de 70Km² para instalação de base de operação offshore, dentre outras alterações, além de detalharem o Projeto da construção do Terminal Pesqueiro, que terá inclusive alojamento e restaurante para caminhoneiros que virão de estados distantes para a compra de pescados no frigorífico e na unidade de processamento de pescados, além de Posto Médico, cais, estaleiro para reparos de barcos, etc.

Também foram detalhadas obras da construção do píer para a instalação das tubulações que vão fazer o transpasse dos sedimentos (areia e argila) da foz do Canal das Flechas, da margem direita (lado de Quissamã) para a margem esquerda (lado Campos) de forma a corrigir os danos ambientais ocorrido durante os últimos 37 anos (erosão na orla da Praia da Boa Vista no lado Campos e o assoreamento com engordamento da faixa de areia da praia de Barra do Furado).    

- A motivação para ampliação das obras do Complexo é o interesse das empresas pela logística que atenderá as demandas do setor offshore, mas as questões ambientais estão sendo respeitadas -, disse o secretário Edilson Peixoto que, em seguida, deu oportunidade para perguntas do público ao secretário de Meio Ambiente Zacarias de Albuquerque que, da mesma forma que a responsável pela engenharia ambiental da PCE, Graciele Stocler esclareceram dúvidas e apresentaram informações complementares ao público, como os questionamentos feitos por Izabela Souza, assistente de Mobilização e Logística da Associação Núcleo de Educação Ambiental da Região da Bacia de Campos.

A mesa de autoridades foi formada pelo secretário de Meio Ambiente de Campos, Zacarias de Albuquerque; a de Desenvolvimento Econômico, Urbanismo, Trabalho e Renda de Quissamã, Carla Cabral; o secretário de Obras, Edilson Peixoto; o presidente da Comissão Permanente de Licitação de Campos, José Carlos Monteiro; a procuradora  de Campos, Fernanda Escudine e o superintendente da PCE, Ricardo Gregório. 










Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| CLIQUE e Saiba Mais |

| CLIQUE e Saiba Mais |
01, 02 e 03 de Dezembro

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

CÚPULA DA CACHAÇA - Barra Velha Prata e Premium entram na lista das '250 Cachaças Mais Queridas do Brasil' e seguem no Ranking

Foto: Fabiana Henriques A primeira fase do III Ranking Cúpula da Cachaça – o Voto Popular – demonstrou, mais uma vez, como a produção ...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.