domingo, 17 de novembro de 2013

Carapeba: refúgio de vida no Farol

De acordo com o ambientalista Aristides Soffiati, ainda faltam ser criadas sete Unidades de Conservação Ambiental em Campos, levando em consideração o Plano Diretor de 2007.

Dentre as sete, duas foram consideradas prioridades e ainda aguardam alguma atitude depois de cinco anos. No dia 26 de outubro, a secretaria de Meio Ambiente realizou uma consulta pública para a criação de uma Unidade de Conservação para proteção da Área de Refúgio da Vida Silvestre do Mangue da Carapeba, localizada em Farol de São Thomé. A criação desta Unidade faz parte do plano diretor do município, além de compor, a licença ambiental para construção do Complexo Logístico Industrial Farol-Barra do Furado, entre Campos e Quissamã.

Segundo Soffiati, as próximas etapas para a criação da Unidade de Conservação são: a demarcação da área a ser conservada; a criação de um conselho gestor; e a elaboração de um plano de manejo. “O mangue da Carapeba também deverá passar por uma limpeza, pois há muito lixo espalhado, e restabelecer o fluxo de água doce com o encontro de água salgada. Só criar a Unidade de Conversação não resolve nada sem ser preservado depois. A agilidade do processo de criação depende do interesse do poder público”, observou após visitar o local junto com a equipe de reportagem, na última terça-feira.

Soffiati explicou que uma Unidade de Conservação pode ser de uso sustentável ou de proteção integral. “Nas áreas de uso sustentável são permitidas atividades de recreação e algumas atividades econômicas. Já a de proteção integral, não é permitido nada disso”, relatou.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Zacarias Albuquerque, o objetivo de criar a Unidade é preservar o espaço do Mangue da Carapeba, que abriga aves de várias espécies, além de ser um berçário muito rico para a reprodução de espécies, como peixes e camarões. “A consulta é um momento de apresentação dos estudos técnicos para viabilizar a criação da unidade, ou seja, é o momento de conhecer o projeto e tirar as dúvidas. Além disso, é uma exigência da lei do sistema nacional das unidades de conservação”, afirmou o secretário ao acrescentar que participaram da consulta segmentos acadêmicos, Organizações Não Governamentais (Ongs), Sociedades Civil Organizada, além da população.

O ambientalista lembrou que o município tem a responsabilidade de criar 11 Unidades de Conservação. Dentre elas, duas já foram criadas desde 1992 que são a do Lagamar, em Farol, e a de Lagoa de Cima.  









Folha da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

ALAMBIQUE DO LELEY - Lazer, Comida Caseira, Tranquilidade, Ar Puro e a Premiada e Melhor Cachaça do Brasil

Você conhece o Alambique do Leley?  Foto: Fabiana Henriques Para os amantes da boa comida, do lazer, de um bom bate papo e que adora...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.