quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Petroleiros param as atividades em todo país

Reprodução

Empregados da Petrobras estão em greve por tempo indeterminado. A diretoria do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro-NF) definiu o começo da paralisação no Norte Fluminense a partir da zero hora desta quinta-feira (17), acompanhando todo Brasil.


Os petroleiros protestam contra o primeiro leilão de áreas de exploração de petróleo na camada pré-sal. O certame, que oferecerá a área de Libra, na Bacia de Santos, está agendado para segunda-feira (21).

De acordo com o Sindipetro, é importante que a categoria petroleira a bordo das plataformas e do TECAB sigam as orientações já divulgadas pelo sindicato. Em caso de dúvida, é importante que os grevistas façam contato com os diretores do sindicato pelos celulares. Haverá plantão nas sedes do sindicato em Campos (22) 2733-1530 e Macaé (22) 2765-9550.

Segundo o coordenador do Sindipetro, José Maria Rangel, diante do resultado das assembleias na Bacia de Campos e com um quadro nacional onde todas as bases aprovaram a greve, a expectativa é que tenha uma paralisação com bastante intensidade.

"A categoria petroleira tem um histórico de mobilizações de muito sucesso, acreditamos que o resultado positivo dessa greve é a apresentação de uma nova proposta que contemple as principais reivindicações da categoria petroleira”, afirmou Zé Maria.

Em todo país - Segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), a indicação a favor da greve foi aprovada em sindicatos filiados "de Norte a Sul" do país. Serão paralisadas as atividades em refinarias, terminais de distribuição, plataformas de petróleo, campos terrestres de produção, usinas de biodiesel, termoelétricas e unidades administrativas da Petrobras e suas subsidiárias.

A única exceção é a Lubnor, fábrica de asfalto, lubrificantes e outros derivados, localizada no Ceará, onde haverá uma assembleia, na manhã desta quinta-feira, para decidir sobre a greve, informa nota enviada pela FUP.

"Os petroleiros exigem a suspensão imediata do leilão de Libra, a maior e mais importante descoberta de petróleo dos últimos anos, que o governo pretende ofertar às empresas privadas no próximo dia 21", diz um trecho da nota.

A pauta de reivindicações da greve inclui também a retirada da pauta de votação da Câmara dos Deputados do Projeto de Lei (PL) 4.330/04, de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO). O projeto muda as regras para a terceirização de serviços. "Sob o pretexto de regulamentar a terceirização, (o projeto) piora consideravelmente as condições de trabalho e ataca direitos históricos da classe trabalhadora", diz a nota da FUP.

Por fim, os sindicatos cobram também avanços na campanha de negociação salarial, "cuja proposta apresentada pela Petrobras, no dia 7, foi amplamente rejeitada pelos trabalhadores".








Fonte: Ascom / Sindipetro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos Sua Mensagem! Seja Sempre Bem Vindo(a)!

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

Motoristas podem agendar vistoria sem pagar o IPVA a partir de terça

Divulgação Motoristas podem agendar, a partir da próxima terça-feira, a vistoria de veículos no site do Detran sem a necessidade de p...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.