quinta-feira, 4 de abril de 2013

Após denúncia anônima camarão é apreendido no Farol

Duas toneladas de camarão foram apreendidas, por volta das 0h, na localidade de Gaivota, na praia do Farol de São Thomé,  na madrugada desta quinta-feira, após denúncia anônima feita pelo 190. 


A ação foi realizada pelo Sargento Gomes e Sargento Edson do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO do Farol). 

Após a denúncia, os policiais seguiram para uma estrada conhecida como “Estrada do Quiosque do Biscoito”. No local, constataram se tratar de dois depósitos onde são defumados o camarão sete-barbas. Ao perceber a chegada da viatura, o motorista do caminhão e vários outros elementos conseguiram fugir entrando num matagal, deixando para trás o veículo e  todo pescado. 

No local, parte das diversas caixas de frigorífico com o camarão, 1.300 kg, estavam armazenados de forma imprópria no caminhão Mercedes-Bens, cor amarela, tipo mercedinha, placa KMK-3968 de Campos dos Goytacazes, RJ e o reboque sem placa, com vários caixotes contendo grande quantidade de crustáceos. No galpão do senhor conhecido como P. B. foi encontrado aproximadamente 700 kg de camarão 7 barbas. 

Além das condições precárias de transporte e armazenamento, a apreensão foi feita em razão do período de defeso que acontece anualmente no período de 1º de março a 31 de maio, em todo litoral sul e sudeste do país. A medida serve para proteger a época de reprodução da espécie. Sendo assim,  as atividades de captura e comercialização do camarão estão proibidas.
De acordo com o Sargento Gomes, o que ele e o Sargento Édson presenciaram foi uma verdadeira covardia. "Os camarões estavam muito pequenos, muitos eram lêndeas (filhotes de camarão), além da captura está proibida por lei, isso é um ato de covardia. Temos quase dois meses de defeso pela frente ainda". Disse o Sargento.

Segundo o delegado adjunto da DL/Centro, Rodrigo Maia, a perícia constatou que o material estava impróprio para consumo. “Vamos encaminhar para a vigilância sanitária. Já identificamos o proprietário do caminhão, que deve prestar depoimento em alguns dias”, explicou. 

O caminhão está em nome de C. G. de A., morador do Farol, que será intimado para  prestar informações sobre o caso.



O material foi encaminhado para 134ª DP (Centro), onde a ocorrência foi registrada. O material apreendido deve ser incinerado, diante da impossibilidade do consumo.

De acordo com o Ibama, quem é flagrado pode ter aberto processo na esfera judicial por crime ambiental, todo estoque não declarado é passível de multa e apreensão. As multas variam de R$ 700,00 a R$ 100 mil. 

Até 31 de maio, fica proibida a pesca de arrasto motorizado dos camarões branco, rosa, santana, sete barbas e outros.










Fotos: Campos 24 Horas

| Notícias |

Curta a Nossa Fan Page No Facebook
Curta nossa página no Facebook e fique por dentro em primeira mão... Notícias, Dicas de Eventos, Curiosidades, Notas de Utilidade Pública e Muito Mais! De janeiro a janeiro, o ano inteiro com você! Portal da Praia Farol de São Thomé - www.praiafaroldesaothome.com.br - “A gente se encontra aqui!"

| Geral |

| DESTAQUE |

ALAMBIQUE DO LELEY - Lazer, Comida Caseira, Tranquilidade, Ar Puro e a Premiada e Melhor Cachaça do Brasil

Você conhece o Alambique do Leley?  Foto: Fabiana Henriques Para os amantes da boa comida, do lazer, de um bom bate papo e que adora...

| Leia Também |

Você Conhece a História do Monumento do Farol? Assista!

| Sua mensagem aqui |

Enviar sua mensagem click AQUI
As mensagens são moderadas e passarão por análise antes de sua publicação.